Categoria: Crônico

Amendrontado

Amendrontado

Aquele momento em que você se descobre com medo, sem saber do que, sem saber por quê. Você vê uma bicicleta e já evita o tombo. Uma tomada e já sente um choque. Um quadro negro e os braços já se arrepiam de imaginar a sensação de alguém o arranhando. É um medo de por …

+ Read More

Foda-se

Foda-se

Foda-se. Foi a primeira coisa que me veio à cabeça quando resolvi que era hora de voltar a escrever. Foda-se. Assim na primeira palavra já afugentava todos os pudicos que me perseguem dentro e fora de mim. Foda-se. Afinal, esse é um momento onde eu devo explicações pra mim, para a interface entre minha cabeça …

+ Read More

Sobre tiros e vidros

Sobre tiros e vidros

Você conhece meus gatilhos. Sabe que sou um 38 na sua mão. Sabe que pode atirar com um simples olhar, com uma breve suspiro. Isso porque você sabe dos meus gatilhos. E se era para ver o estrago, ele está feito. A distância e a demência se juntando, e lá se vai a vida comum. …

+ Read More

Zombie Walk

Zombie Walk

  Passos tortos. Manchas pelo corpo. Uma mistura de sujeira com desleixo. Essa era a postura matinal de Leonardo neste domingo. Fora parecido já na quinta, na terça, e quase em toda a sua vida. Pelas ruas do centro da cidade, homens e mulheres com sangue escorrendo pelos corpos, cheiro de maquiagem, andar arrastado. Pessoas …

+ Read More

Esquecimentos

Esquecimentos

Abro a porta do carro com a mão esquerda, e, enquanto estou puxando a maçaneta, com a direita coloco a mão por dentro da jaqueta, como quem vai puxar uma pistola daquela cinta-liga que investigador de filme americano usa pendurada no ombro, sabe? Coloco a mão ali como quem vai sacar, e tiro minha carteira …

+ Read More

Chances Perdidas

Chances Perdidas

Meu filho estava ali, beirando os 13, 14 anos. Não lembro agora, mas era por aí. Lembro que era uma época em que eu não sabia se já era hora de desistir de trazer os gibis da Disney ou se ele tinha partido pra coleção de revista de sacanagem. Óbvio que estava na época de …

+ Read More

Todo mundo é meio meio.

Todo mundo é meio meio.

Todo mundo é meio fotógrafo e meio escritor. Meio triste e meio inteligente. Todo mundo é quase famoso ou meio conhecido. Todo mundo coleciona amigos. Todo mundo divide informações, sem saber se são de verdade. E todos guardam suas verdades pra si. Todo mundo divide felicidade ou tristeza no twitter.E todo mundo tem um momento …

+ Read More

Mande um Recado

Mande um Recado

Passava da meia noite quando me veio a vontade de escrever uma carta. Colocar a mão sobre o papel e, letra a letra, preencher aquelas linhas de um caderno guardado num canto qualquer da casa. Não queria saber da tela do computador brilhando e me trazendo mais sono. Não queria tirar do armário a máquina …

+ Read More

Entre Dúvidas e Certezas

Entre Dúvidas e Certezas

E então eu me olhei no espelho uma última vez. Tinha a barba feita, gravata azul sobre uma camisa branca com quadriculados também azuis. Linhas finas, que, de longe, não permitem uma visualização correta de seus traços. Mas, na frente do espelho, conseguia ver esses detalhes e até uma pequena mancha próximo ao bolso que …

+ Read More

A Hora do Vôo

A Hora do Vôo

Esperava pelo meu vôo, que já se atrasa por mais de hora e ainda sem qualquer previsão embarque. Parei com meu isolamento no terminal e comecei a observar os rostos que me faziam companhia: pessoas sozinhas ou aos pares, observando os horários dos vôos, suas confirmações enquanto comparavam o que viam com seus relógios, desacreditados …

+ Read More