Mês: Abril 2005

Acordei sentado. Não sei se foi por não dormir, ou se por refletir a noite toda em meus sonhos. Pensar na vida e na morte num período onde a atenção e o silêncio confundem a realidade com o sonho, quando a perfeição de um dia leva a crer que não necessariamente aquilo fora verdade. Vai …

+ Read More